Etiquetas

sábado, 2 de agosto de 2014

SNOWPIERCER – EXPRESSO DO AMANHÃ (Snowpiercer) de Bong Joon-ho

No futuro, a Terra vive outra era glaciar, desta vez provocada pela mão do Homem. Os últimos sobreviventes vivem num comboio especial, onde as pessoas estão divididas por classes. Um dia, os da terceira classe decidem revoltar-se mais uma vez, com resultados imprevisíveis para todos.

Este ano o cinema de ficção científica aparenta estar de boa saúde, tendo já estreado entre nós alguns bons títulos do género a que este agora se junta. Com um estilo visual empolgante, onde cenas de grande violência contrastam com algumas de grande beleza plástica, muitas vezes a fazer lembrar a banda-desenhada, o realizador Bong Joon-ho (THE HOST) mantém a tensão do princípio ao fim. O filme é um pouco longo, mas tem uma boa história e um interessante grupo de personagens, que nos mantém entretidos e tensos durante cerca de duas horas. Adorei o que cada carruagem do comboio nos reserva, desde a idílica estufa ou aquário, ao infernal clube de dança ou antro de droga. O responsável pelo desenho de produção, Ondrej Nekvasil, está de parabéns, bem como o excelente director de fotografia Kyung-pyo Hong.

Chris Evans, mais conhecido por Capitão América, é um sólido e masculino herói relutante, que na boa companhia de John Hurt, Jamie Bell, .Kang-ho Song, Ah-sung Ko e Octavia Spencer, lidera a revolução. Numa curta aparição, Ed Harris revela uma presença forte e relembra-nos do seu grande talento. Mas a nível de interpretação a grande Tilda Swinton faz sombra a todos; praticamente irreconhecível, ela é simplesmente fantástica como a "má da fita".


Há filmes que facilmente obtêm o estatuto de culto e este é um deles. A não perder pelos fãs do género, bem como pelos apreciadores de bons filmes de acção e de bom cinema. Classificação: 7 (de 1 a 10)

 


Sem comentários:

Enviar um comentário