Etiquetas

domingo, 1 de junho de 2014

NO LIMITE DO AMANHÃ (Edge of Tomorrow) de Doug Liman

Cage é um cobarde publicista militar que se vê obrigado a lutar na linha da frente contra um exército de extra-terrestres. Infelizmente morre na sua primeira batalha, mas algo de estranho acontece e ele volta ao dia anterior, situação que se vai repetindo e que lhe dá a oportunidade de poder mudar o destino da guerra.

Não há sombra de dúvida, Tom Cruise dá-se bem com o universo da ficção científica. O ano passado foi o interessante ESQUECIDO ("Oblivion") e este ano volta noutro bom exemplo do género. Confesso que o trailer não me convenceu, mas como gosto do género lá fui ver o filme e tive uma boa surpresa.

As histórias que envolvem viagens no tempo são quase sempre confusas, mas não aqui. O argumento está bem construído e, apesar de não ser propriamente original, tem uma frescura de que não estava à espera. O realizador Doug Liman pegou no material e, sem se levar muito a sério (um defeito do novo GODZILLA), consegue dosear o humor com a acção, o suspense e os efeitos especiais.

Cruise vai muito bem, tanto como o cobardola inicial como o herói relutante em que depois se torna. A seu lado Emily Blunt é uma eficaz “full metal bitch”. O restante elenco tem a atitude certa para este tipo de filmes e o resultado final é muito melhor do que aquilo que eu ia à espera.


Aconselhável não só aos fãs da ficção científica, mas também a todos os que gostam de cinema de acção e bons filmes. Despretensioso, divertido e emocionante! Classificação: 8 (de 1 a 10)



Sem comentários:

Enviar um comentário