Etiquetas

quarta-feira, 24 de julho de 2013

DRÁCULA TEM SEDE DE SANGUE de Alan Gibson


Foi numa sessão da meia-noite do Cinebolso que vi esta sequela do DRÁCULA 72, com o meu Drácula preferido, Christopher Lee, e o melhor dos Van Helsing, Peter Cushing.

Em Londres, um ritual satânico dá vida ao Conde Drácula. Desta vez este decide que, para além de se vingar de Van Helsing, é altura de propagar um vírus mortal no mundo dos vivos.

A única imagem que ficou gravada na minha memória é o final, com Drácula preso nuns ramos de árvore, mas na altura gostei do filme. 


Sem comentários:

Enviar um comentário