Etiquetas

quarta-feira, 10 de julho de 2013

COM A MALDADE NA ALMA de Robert Aldrich


A ideia dos produtores deste filme eram juntarem a equipa do famoso WHAT EVER HAPPENED TO BABY JANE?, ou seja o realizador Robert Aldrich, os mesmos argumentistas e, claro, Bette Davis e Joan Crawford. Mas as coisas não correram como esperado, e Crawford foi substituída por Olívia de Havilland. O resultado foi ontem bom exemplo de terror gótico, com fortes interpretações e uma boa história.

Davis faz de uma velha reclusa, supostamente responsável por um terrível crime e que é dada a ter alucinações. Uma prima afastada vem visitá-la e as coisas complicam-se. Mas será que ela é mesmo louca?

É verdade, hoje já não se fazem filmes destes e é uma pena. Tal como BABY JANE, é um dos melhores exemplos deste género e, se a memória não me falha, tinha suspense até ao final.

O cartaz é o da estreia em Portugal em 1965.


Sem comentários:

Enviar um comentário