Etiquetas

quarta-feira, 10 de abril de 2013

O GATO E O CANÁRIO de Radley Metzger


Esta remake de um clássico do mistério contava a história de um grupo de herdeiros gananciosos que se reúnem numa velha casa sombria, todos desejosos de serem o único herdeiro da fortuna. Para mal dos seus pecados, anda por lá um assassino tenebroso à solta e as mortes depressa começam.

Sempre gostei de um bom whodunit (quem é o assassino?), infelizmente um tipo de filme que deixou de ser produzido, e este tinha a particularidade de ser passado numa velha mansão, o que para mim tem sempre grande encanto.

Acho que ainda me lembro da identidade do assassino, mas não tenho a certeza. O filme via-se com interesse e, por essa altura, ainda não tinha nenhuma das outras versões. Anos mais tarde, na Cinemateca, vi uma versão muda desta história e era muito melhor. 

Sem comentários:

Enviar um comentário