Etiquetas

quinta-feira, 31 de maio de 2012

A FÚRIA de Brian De Palma


Quando o CARRIE estreou não tinha idade para o ir ver, mas em 1979 já pude assistir ao novo filme de De Palma, onde uma vez mais o tema era o terrível poder da mente.

O filho de Kirk Douglas é raptado pelo melhor amigo deste, John Cassevetes, pois este está interessado nos poderes psíquicos do pequeno. A fim de o ajudar a resgatar o filho, Douglas pede ajuda a uma jovem, Amy Irving,  de poderes iguais ao do filho.

Havia suspense e sangue suficiente para agradar a um jovem ávido de emoções fortes como eu; na altura gostei mesmo muito deste filme e recordo-me de várias cenas, mas a melhor era o apoteótico e “explosivo” final (o público que enchia o Condes ficou literalmente excitado com o mesmo).

Sem comentários:

Enviar um comentário