Etiquetas

domingo, 15 de janeiro de 2012

O MONSTRO DO PÂNTANO de Freddie Francis


Uma jovem mulher passeia-se sozinha numa mansão, de candelabro na mão, até que se depara com o corpo de um enforcado... as luzes acendem-se e era tudo uma partida. A festa continua, mas no pântano (cheio de nevoeiro) algo ou alguém está com fome e Peter Cushing sabe muito bem o que se passa.

Sempre gostei dos chamados filmes de terror góticos, com mansões enormes, nevoeiro, luzes de velas, vestidos compridos e este foi um dos primeiros que vi. Lembro-me que não era muito bom, mas na altura gostei e já era um fã do grande Peter Cushing. Tenho saudades deste tipo de filmes.








Sem comentários:

Enviar um comentário